Palestra “Cozinhar vai mudar sua vida!”, com Rita Lobo, no Senac Santos

Olá!

Sábado, dia 1º de abril, o Senac Santos completou 70 anos, e em comemoração promoverá eventos gratuitos durante todo o mês.

Entre as atividades que serão realizadas estão a caminhada fotográfica pela Orla de Santos, que aconteceu no sábado, palestras, exposições, encenação teatral, atendimentos de saúde e bem-estar, e uma experiência gastronômica no Bonde Arte. Acesse a programação completa aqui.

Fui convidada pelo Senac Santos para a palestra da Rita Lobo, escritora e apresentadora. A palestra “Cozinhar vai mudar sua vida!” foi hoje e eu adorei ter participado.

A Rita Lobo é autora dos livros “Cozinha de Estar”, “O Que Tem na Geladeira”, “Pitadas da Rita”, “Cozinha Prática” e “Panelinha – Receitas Que Funcionam”. Ela também apresenta o programa Cozinha Prática, no GNT, e é criadora do site Panelinha.

“Não existe alimento bom e alimento ruim, existe comida de verdade e comida de mentira”, segundo Rita Lobo, e eu concordo plenamente! Durante sua palestra ela ressaltou a importância de voltarmos a cozinhar, embora a maioria das pessoas mal tenha tempo para isso.

Planejamento é fundamental para uma alimentação adequada. Saber o quê e quando comprar é importante para que não haja desperdício de alimentos e de tempo. Comprar e preparar os alimentos no final de semana, por exemplo, vai tornar suas refeições durante a semana mais práticas. Se você é dona de casa ou trabalha home office, pode e deve se adequar às suas necessidades.

Outra atitude simples e eficaz para uma alimentação mais saudável é prestar atenção nos rótulos das embalagens dos alimentos nos supermercados antes de comprá-los, ele contém informação suficiente para te fazer levar ou deixar a mercadoria. A Rita hoje citou uma frase bem conhecida do escritor americano Michael Pollan e chamou bastante a minha atenção e me fez refletir: “não coma nada que sua avó não reconheça como comida”. Acrescento mais uma: “evite produtos alimentícios que contenham ingredientes que um aluno do terceiro ano não consiga pronunciar”. Reflita também.

Comer, hoje em dia, virou uma coisa complicada, não é mesmo? São tantos modismos e embalagens repletas de nomes que antes interessavam apenas a médicos e nutricionistas… Vamos descomplicar e cozinhar para mudar a nossa vida!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *